End: Praça Presidente Vargas, nº80 - Centro - Santa Cruz, RN
Tel: (84) 3291.2112 - secretaria@paroquiasantaritarn.com.br

Horários: Matriz: Terças, Quinta e Sexta - 18h 1ª sexta feira - 7h - 2ª quinta-feira - Cura- 19h sábado - 10h - 1º sábado missa da criança - 16h Domingo - 07h e 19h - Veja +

Notícias da paróquia › 22/05/2017

PM estima público da Procissão de Santa Rita 2017 em 75 mil

A Paróquia de Santa Rita festejou mais um número que mostra o alcance da devoção e fé na Madrinha dos Sertões, a Santa das Causas Impossíveis. A Polícia Militar do Rio Grande do Norte estimou o público da procissão de 2017 em 75 mil. O número foi comemorado com muita alegria por todos os santa-cruzenses, quando se tratava de uma segunda-feira (22) de calendário comercial ativo e dia útil para muitas cidades.

Em Santa Cruz, o dia 22 de maio é feriado municipal, sendo o dia da morte de Santa Rita de Cássia, que serviu com louvor a Cristo Jesus. O exemplo de fé da Madrinha dos Sertões comove muitas pessoas e inspirar a todos seguirem com compromisso os ensinamentos de Jesus.

A TV Santa Rita começou as transmissões às 10h, com flash ao vivo da Missa Solene, celebrada por Padre Francisco de Assis e cocelebrada pelo Padre Fábio Pinheiro, ambos santa-cruzenses, e seguiu com programação especial do “Dia da Padroeira” até o meio-dia. A exibição da Missa da Coroa de Santa Rita deixou o templo católico lotado e em sua capacidade máxima.

A Missa dos Peregrinos, que veio logo em seguida, teve a celebração do arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, que abriu a celebração final da Festa de Santa Rita exaltando a participação popular dos católicos nas lutas por dias melhores no Brasil. A procissão saiu do Pátio da Igreja Matriz às 16h40, chegando já à noite com uma multidão atrás, rezando e cantando louvores à padroeira do Trairi.

O pároco local, Padre Vicente Fernandes, festejou o alto nível de participação na festa, que empolgou a comunidade católica de Santa Cruz. Os eventos continuarão sendo exibidos na TV Santa Rita ao longo do ano, nas principais celebrações paroquiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *